terça-feira, maio 21, 2013

os traquejos

Faço pequenos ajustes, vou pelo caminho mais claro.
Hoje já não faz sentido
sentir pena de estúpidos momentos mortos.
Só quero os traquejos mais úteis,
os que me fizeram chorar e sofrer,
os que me fizeram sorrir e amar,
os contrários são lindos!
Os traquejos também!

2 comentários:

sblogonoff café disse...

O verbo tem que ser revestido de artérias e veias pra valer a pena conjugá-los, né?

r. aquino disse...

Rsrsrsrsrs! Toda palavra, acho!